sexta-feira, 2 de maio de 2008

O Mito Sobreviveu ao Tempo!

Ás vezes eu me pergunto como pode um artista ser tão influente no século 20, ser tão lembrado até os dias de hoje mesmo tendo surgido a mais de 50 anos e ter morrido a quase trinta anos? A resposta é muito simples, ele era excelente, um artista e pessoa altamente complexo e de um talento sem precedentes, só assim para sobreviver tanto tempo e tão fortemente na sociedade mundial em diferentes culturas tão constantemente vítimas de mau gosto e manipulações como no caso do Brasil. Nenhum artista sobrevive por tanto tempo se não for ótimo, não existe marketing, não existe beleza exterior, truques de estúdio ou de produtores se o artista não for ótimo, contra isso não existe opinião, é um fato!

O tempo disse que Elvis era o Rei, o mesmo tempo disse que ele era um artista único na história, o tempo disse e vai dizer ainda mais que ele será daqui a algumas décadas um artista clássico. E tudo isso porque ele foi um revolucionário cultural que estava e ainda está à frente do seu e do nosso tempo, e isso é para poucos. Foi um cantor e músico de excelente nível, só quem conhece a fundo sabe do que eu estou falando, foi um ator que quando lhe deram chances ele mostrou um grande talento, só quem assistiu os ótimos filmes dele sabe que é a mais pura verdade, dançava muito bem além de criar coreografias, ele era muito eclético, não ficou preso a década de 50 como outros que até hoje fazem a mesma coisa de 50 anos atrás, graças á Deus ele se inovou e criou outras formas de expressar os seus sentimentos através de sua arte, os outros eram limitados, por isso ele é Rei.

Mostrou mesmo perto da morte com a saúde já muito debilitada o seu enorme talento, como por exemplo nos shows do Especial "Elvis In Concert", onde ele, mesmo estando "perto" da morte, nos brinda com interpretações antológicas, onde ele deixa transparecer seu sentimento através de sua voz e interpretação comoventes, seu suor mostra o quanto ele sofria no momento, mas mesmo assim se superava em demonstrar que apesar de tudo ele tinha que cantar e encantar o público com sua voz única e poderosa, em músicas como "My Way", "Hurt", "How Great Thou Art", "Unchained Melody" entre outras ele demonstra o seu talento em verdadeiras interpretações épicas que ficaram para a história da música popular do século 20, um verdadeiro momento emocionante onde leva ás lágrimas o mais "duro" dos corações.

Esse é Elvis Presley o mito que sobrevive, ele não foi só um cantor, foi um Fenômeno Histórico! Já em relação a aquelas pessoas que preferem a beleza em detrimento do talento, o meu único sentimento é a pena e o desprezo por tanta mediocridade, um fim definitivo aos medíocres e Viva a Arte de Verdade!

(procuro o autor)

Nenhum comentário:

Instagram

Translate

Canal ESTB

Seguidores